Vilma Reis fala na Câmara Federal

postado por Cleidiana Ramos @ 8:10 PM
17 de setembro de 2009
Vilma Reis vai apresentar dados sobre a violência em Salvador na Câmara Federal. Foto: Thiago Teixeira| AG. A TARDE

Vilma Reis vai apresentar dados sobre a violência em Salvador . Foto: Thiago Teixeira| AG. A TARDE

A socióloga Vilma Reis, coordenadora executiva do Ceafro e presidente do Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra (CDCN), irá falar na CPI da Câmara Federal que apura a violência urbana. Não foi divulgada ainda a data da participação.

Vilma é autora do estudo As políticas de Segurança Pública implementada nos bairros populares de Salvador e suas representações (1991-2001), apresentada como dissertação para a  obtenção do título de mestre em ciências sociais, concedido pela Ufba há quatro anos.

O requerimento para a participação de Vilma na sessão foi do deputado federal Luiz Alberto (PT-BA). 

“Vilma Reis é uma especialista que tem contato com experiências concretas decorrentes da violência com recorte étnico-racial, é uma gestora pública que acompanha o cotidiano de Salvador e ainda atua como interlocutora de grupos de combate ao racismo e à violência contra a juventude negra”, ressalta Luiz Alberto.

Os membros da CPI estão elaborando um diagnóstico das causas da violência urbana no País, daí a importância desta participação de Vilma. Seu trabalho traça um impressionante panorama das implicações da questão étnico-racial no universo das políticas de segurança pública em Salvador. Creio que sua presença na Comissão vai ser extremamente positiva e capaz de enriquecer o debate sobre o tema.

Tags: , , , , ,

6 Respostas to “Vilma Reis fala na Câmara Federal”

  1. Jailton Santos  Says:

    Ao ler a entrevista da Socióloga Vilma Reis concedida a Revista Muito Edição do dia 06/09/2009. Fiquei impressionado com coragem, com força, clareza e propriedade com que a realidade foi tratada. Confesso que já tinha perdido a esperança de que um dia viveria pra ver essa abordagem ser externada com firmeza de quem foi ver na fonte o que passa os jovens negros ; dessa cidade racista sitiada por uma policia nazista.

  2. Roberto Ferreira  Says:

    Não tenho dúvidas que com nossa querida representante Vilma Reis participando do debate ficará muitos mais interessamte manter um dialógo justo com enorme aspectos e fatos de quem vivencia no dia dia a triste desigualdade para com os menos faverecidos ou sewja os mais pobres e em especial as mulheres negras(GUERREIRAS).

  3. Lafayette C.M.  Says:

    Dá-lhe Vilma !!!

  4. Lafayette C.M.  Says:

    Ta aí, o Deputado Luiz Alberto ganhou meu voto.

  5. JORGE EUMAWILYÊ SANTOS  Says:

    A Vilma é o que podemos chamar de “Mulher de Cabeça, tronco e membros; mas também de pensamento, ação e empoderamento”. É com pessoas assim que, indubitavelmente, faremos a transformação da sociedade que os beneficiários do racismo assenhoraram-se indevidamente para sí. Avante Vilma!!! Indo ou não indo com as outras, sei que és mais de ir, coloquem-as nos ‘canais!.

    Os meus respeitos.

  6. Aldre Canuto  Says:

    Assisti a todo o depoimento, e deveria na verdade te-lo gravado para posterioridade, fui mais que um depoimento, foi um desabafo de toda uma nação Brasileira negra e descriminada.
    Parabéns!!!!

Deixe seu comentário