Outro caso de racismo no futebol nacional

postado por Cleidiana Ramos @ 3:32 PM
17 de maio de 2011

Zé Roberto disse que foi alvo de racismo. Foto: Márcia Feitosa | VIPCOMM| 01.12. 2009

Mais um jogador brasileiro se queixa de racismo. O meia Zé Roberto, do Internacional, que, inclusive, já defendeu o meu Mengão disse que foi hostilizado com ofensas racistas pela torcida do Grêmio no último domingo na decisão do Campeonato Gaúcho.

Zé Roberto classificou o que sentiu de “asqueroso”. O problema é que, como quase todos os jogadores que já foram vítimas de casos semelhantes, resolveu “deixar pra lá” e jogar a responsabilidade pela apuração e punição na Federação Gaúcha.

Assim os casos vão continuar acontecendo e, pior, tornando-se banais como querem os racistas, assumidos ou não.

Tags: , , , ,

2 Respostas to “Outro caso de racismo no futebol nacional”

  1. Gilmário Coêlho  Says:

    A verdade é que a maioria desses jogadores não possuem compromisso e, tampouco, uma identidade sólida com o seu povo, eles geralmente se originam das classes mais desfavorecidas da sociedade o que os leva a se tornarem pessoas com problemas de auto-estima, acrescente-se a isso carreiras meteóricas para as quais os mesmos não tiveram tempo nem condições de se prepararem psicologicamente e temos aí o jogador de futebol que acredita que o dinheiro vai livrá-lo de todos os males perpetrados contra o povo negro. Ledo engano! O dinheiro faz com que eles sejam tolerados até certo ponto, mas o racista nunca vai esquecer que ele é negro, apenas ele se esquece disso e não luta contra este mal que aflige todo o povo ao qual ele pertence. Uma boa parte da população negra realmente acredita nesta mentira que é a democracia racial brasileira.

  2. Jadson  Says:

    Na verdade o preconceito racial nunca acabou deram um jeitinho de mascarar tal ato que aocntece com frequencia a todo momento, inclusive comigo mesmo já fui chamado de negro mentido mais sei que existem pessoas sem escruplo e invejosas que não conseguem aturar o sucesso de alguem e de uma forma arrogante transforma o ódio num áto de racismo o que aconteceu com noso grande jogador Zé roberto..
    Bola pra frente que se mordam os racistas miseráveis..

Deixe seu comentário