O desabafo de Andrade

postado por Cleidiana Ramos @ 4:22 PM
13 de setembro de 2010

Andrade evoca questão racial para o seu desemprego. Foto: Márcia Feitosa| VIPCOMM

O Esporte Espetacular de domingo trouxe uma entrevista com o ex-técnico do Flamengo, Andrade. O ponto central da matéria são as queixas de Andrade por estar desempregado depois de ter levado o Flamengo a conquistar um título  após 17 anos e de ter sido eleito o melhor técnico do Campeonato Brasileiro 2009.

Mas o que chamou mesmo a atenção foi o momento em que Andrade disse que um dos motivos que seus amigos apontam para o seu desemprego é discriminação racial. E completou dizendo que basta analisar: não há um só técnico negro na primeira divisão do Campeoanto Brasileiro. Andrade completou dizendo que não quer acreditar nisso, mas…

O fato é que a suspeita de Andrade ou, como ele disse, de alguns dos seus amigos, não é tão infudada. Como ele disse, realmente, não há negros, ou quem assim se auto afirme, treinando equipes da primeira divisão.

Jogadores negros, talvez, sejam a maioria, mas na hora da função que envolve tática, estratégia, não é difícil imaginar que as engrenagens do preconceito estejam funcionando a mil.

É triste o que acontece, ainda mais com Andrade, que fez parte da geração de ouro do Flamengo e tem um currículo invejável. Detalhe: o início da injustiça foi executado exatamente pelo time com o qual ele é mais do que identificado: o Flamengo.

Lembro, afinal sou torcedora incondicional do Mengão, arrebatador de corações, que Andrade foi demitido com 73% de aproveitamento. No seu lugar entoru um técnico inexperiente, para ser gentil, que só caiu por conta da pressão da torcida.

Engraçado que, com Andrade, um empate do Flamengo era encarado como desastre, inclusive pela mídia especializada. Já com o substituto Rogério Lourenço havia sempre a justificativa de que estava ainda ajustando o time, não tinha reforços, dentre outros.

Ninguém lembrava que Andrade pegou o Flamengo já flertando com a zona de rebaixamento e o fez campeão brasileiro. Sorte não explica isso. Enfim, quem quiser conferir a entrevista de Andrade pode clicar aqui para conferir a matéria do Globo.com. Mas, embora Andrade esteja triste, quem está perdendo mesmo é o futebol por ignorá-lo.

Tags: , ,

Uma Resposta to “O desabafo de Andrade”

  1. Patrícia Bernardes  Says:

    Eu não posso aqui negar que a cor da pele ainda é um problema para os profissionais de diversos segmentos no Brasil…O problema é que alguns se posicionam como “sofredores” do racismo em benefício próprio até mesmo para esconder a sua incompetência profissional.É um tema vasto,delicado e que necessita cautela.
    Quero aproveitar o espaço para dizer que a página nova do Mundo Afro ficou ” ARRETADA DE BONITA”.rs

Deixe seu comentário