Novela acerta com personagem de atriz negra

postado por Cleidiana Ramos @ 4:09 PM
7 de junho de 2011

Romance de personagem negra é bem tratado em novela. Foto: Alex Carvalho|TV Globo|Divulgação

A Globo tem um histórico de derrapar mesmo quando tenta dar destaque a personagens interpretados por atores negros em suas novelas, principalmente, quando se trata de mulheres.

Ainda ecoa a polêmica do tapa da personagem de Lília Cabral na interpretada por Taís Araújo em Viver a Vida. A cena da Helena de Taís ajoelhada diante da raivosa mãe de Luciana, na semana da Consciência Negra, chocou e provocou protestos dos movimentos negros.

Sem falar nas novelas históricas que abordam a escravidão onde a escrava é sempre figurante ou o degrau para as cenas da mocinha, quando não a vilã de segundo escalão. Ou a primeira novela das 19 horas com protagonista negra (mais uma vez Taís Araújo) sendo intitulada de Da Cor do Pecado.

Mas na boa e surpreendente Cordel Encantado, que vai ao ar às 18 horas, tenho visto uma agradável surpresa: Maria Cesária, a personagem vivida pela jovem e bela atriz Lucy Ramos. O amor que nasceu entre ela e o Rei Augusto (Carmo Dalla Vecchia ) tem sido tratado sem exageros, com um romantismo tocante.

As autoras Thelma Guedes e Duca Rachid tem fugido de clichês como a mulher negra sensual que enloquece o estrangeiro. Pelo contrário, a construção mostra uma mulher oprimida, humilhada e desvalorizada até pelo próprio pai (vivido por Tony Tornado), descobrindo através de um amor inesperado suas virtudes e sabendo responder até com altivez aos que tentam explorar a sua pretensa ingenuidade como nas cenas com a Duquesa Úrsula, papel de Deborah Bloch.

Outra coisa bem interessante em torno de Maria Cesária é a  clara inspiração do seu personagem no romance Como Água para Chocolate, pois assim como a protagonista do livro ela passa suas emoções para a comida.

Fica aqui a torcida para que as moças não percam a mão. Aliás, a novela que combina excelente enredo, recheado de referências literárias,  bons textos e belas imagens, com uma preocupação rara na construção dos diálogos e humor na medida certa me fez voltar a ver novela, coisa que não fazia há anos.

Será que ter mulheres à frente (a diretora é Amora Mautner), inclusive na colaboração e pesquisa é um indício da importância dada a esses detalhes e que levam aos acertos?

Tags: , , , , , ,

11 Respostas to “Novela acerta com personagem de atriz negra”

  1. Marlon Marcos  Says:

    Depois desta belíssima avaliação, não tenho dúvidas, o segredo da grandeza desta novela é as mulheres. Vocês emocionam e filtram este mundo. Ave o feminino! Amei seu texto e também adoro esta novela.

  2. Cleidiana Ramos  Says:

    Sempre gentil, querido. Bjs.

  3. Denise Bria  Says:

    Concordo plenamente!

  4. João Edson  Says:

    Excelente análise, Cleidiana. E já que você falou em “comida”, talvez seja esse o “tempero” que tenha faltado nas outras novelas globais: tratar os afro-descendentes com a dignidade e respeito que eles merecem.

  5. Carlos Augusto  Says:

    Cleidiana,

    Você como sempre muito feliz, em teus comentários. Infelizmente, pelo horário em que chego em casa, não tive ainda a oportunidade de ver esta novela,porém, tenho ouvido excelentes comentários.Tenho até ficado curioso, na primeira oportunidade certamente darei mais atenção.
    E, concordando certamente o acerto, deve-se às mulheres que estão à frente deste conjunto.

  6. Cleidiana Ramos  Says:

    Carlos: uma dica é assistir via youtube ou no site da Globo (www.globo.com.br). Abraços, Cleidiana.

  7. Déa Clarissa  Says:

    Olá, Cleidiana
    Também tenho acompanhado a novela e confesso que o amor puro que vem sendo construído entre a linda Maria Cesária e o Rei Augusto é um dos pontos altos dessa novela feita por mãos especiais.
    Basta de sermos objetos!Somos dignas e merecemos ser tratadas com dignidade e adorarei ver a negra Rainha!

  8. Osvaldo Marques  Says:

    Num mundo recheado de exageros e inversão de valores, temos a grata surpresa televisiva (o que não é comum para o gênero). Agradavel e leve, tanto a novela quanto o belo commentário.

  9. Eliana Oliveira  Says:

    Me identifiquei muito com o artigo. Pra mim foi uma das cenas mais feias da tv brasileira: o tapa da Taís. Realmente o romance entre uma negra(que verdadeiramente é nobre) e um rei chamam a atenção.

  10. Cibele Canda  Says:

    Costumo dizer q “estou viciada em Cordel Encantado”. Saio do trablho, “voando” para casa pra poder assistir a novela e qdo por algum motivo não consigo chegar a tempo, assisto td depois na internet. A novela é bem construída, o elenco é de primeira, a historia misturando elementos dos reinados com cangaço é fascinante, sem falar nas belas imagens. gosto de td…adoro o figurino de época e a trilha sonora. Adoro o casal Açuçena e Jesuíno, mas sem dúvida nenhuma, torço mto pelo casal Maria Cesaria e Rei Augusto…é de uma delicadeza extrema a relação que está sendo construída entre eles. Continuarei acompanhando e torcendo mto pelos dois. Parabe´s a todos de Cordel Encantado!!!

  11. Dina Santos Silva  Says:

    Eu não costumo assistir novelas, não sou muito fã de tv não, mas depois do que li, confesso, vou conferir!

Deixe seu comentário