Mestre Curió

postado por Cleidiana Ramos @ 6:49 PM
19 de novembro de 2010

Foto: Marco Aurélio Martins| Ag. A TARDE| 06.01.2010

“Divagar para o angoleiro ainda é pressa”. É assim que Jaime Martins dos Santos, 73 anos, comanda os alunos que chegam ao Ponto de Cultura Irmãos Gêmeos, no Forte da Capoeira. O local onde ensina é cercado de referências do candomblé. Mestre Curió, que herdou o apelido do avô também capoeirista,é discípulo de Mestre Pastinha e acredita na sensibilidade, respeito e hierarquia como base da prática   que preserva como lhe foi ensinada. Os alunos chegam ao espaço lhe dando Salve!, lhe tomam a bênção e cuidam da limpeza e organização do espaço. Em toda a trajetória da capoeira se orgulha de só ter formado três mestres e dois contramestres.

Tags: , , ,

5 Respostas to “Mestre Curió”

  1. JAIRO FREITAS DE CERQUEIRA  Says:

    Como é bom falar da cultura baiana e ver que pessoas como mestre curió faz a diferença, mostrando e ensinando a seus alunos caminhos para a cidadania e cultura do nosso estado com sua simplicidade resgatando valores dos quais os governantes não dão importanciam
    Pra frente mestre.

  2. Rosalvo Leoncio dos Santos  Says:

    Sou adépto da capoeira e ja fui algumas vezes ao espaço do mestre Curió. Mesmo com a idade que tem percebemos que o gingado, a pose e os passos ainda estão firmes e que seria se pudessemos retroceder no tempo.

    abraços mestre Curió – rendo-me e peço suas bençãos

  3. Dilma  Says:

    Vizinho agradável, sempre tranquilo e com um sorriso no rosto.
    É uma daquelas pessoas que vieram ao mundo com uma missão especial e que, com certeza, consegue realizá-la.
    Que Deus o ilumine Mestre Curió!

  4. Guto Chaves  Says:

    Veneravel o homem que carrega consigo a honra e a verdade nos caminhos de sua vida. Louvada seja a capoeira. Salve Mestre Curio!

  5. Gm Santana  Says:

    Grande! é o adjetivo que para mim mais se adequa ao mestre. o mesmo sempre cortês e educado se dirige a todos com simpatia e cuidado.

    por isso o mesmo é tão querido.

Deixe seu comentário