Mensagem do Terreiro São Jorge da Goméia

postado por Cleidiana Ramos @ 4:49 PM
14 de junho de 2011

Comunidade agradece solidariedade. Foto: Fernando Vivas |Ag. A TARDE| 13.04.2004

Pessoal: estou repassando abaixo um comunicado da comunidade do Terreiro São Jorge Filho da Goméia agradecendo o manifesto de solidariedade vindo dos mais variados cantos devido à passagem de plano do Tata Raimundo Kasutemi.

Como diz o texto, ele apenas deixou o plano físico para habitar em outras dimensões.

TERREIRO SÃO JORGE FILHO DA GOMÉIA
BLOCO AFRO BANKOMA

Prezado (a) Amigo (a)

Todos sabem a dor que neste momento estamos vivendo, pois Tata Kasutemi mais conhecido como Raimundo do Bankoma, dedicou à sua vida apontando vários caminhos para que a sua comunidade alcançasse condições básicas para a sua própria sobrevivência. Foi um guerreiro astuto e um grande estrategista na arte da busca incansável da oportunidade.

Idealizador incondicional das formas convencionais em defesa das lutas e batalhas frente à bandeira social em prol da nossa necessidade humana, expressada na vontade de ser gente reconhecida pelos nossos direitos. A voz de Tata Kasutemi ecoa a todo canto, emanada na certeza de uma contínua caminhada.

Hoje, nossos Muxima (corações) choram pela ausência física. Choram pela falta dessa alegria contagiante que soava em momentos felizes vividos por seu povo. Choram também porque foste um herói, e a morte de um herói deve ser chorada sim, ainda mais quando esse herói escolheu viver por amor e morrer em prol dele.

E é por esse comprometimento que reconhecemos os sentimentos dos amigos ao expressar a sua dor juntamente com a família do Terreiro São Jorge Filho da Goméia e Família Bankoma pela perda lastimável deste baluarte da cultura negra bantu.

E mais, é por esse sentimento é que nos manteremos coesos e firmes na certeza de dar continuidade a sua filosofia de vida, a sua visão de interpretação da vida cosmológica, dos embates contra a intolerância religiosa, das injustiças socioculturais e tantas outras impertinências atribuídas à comunidade tradicional.

Enfim, agradecemos a todos e todas pela palavra amiga e de conforto neste momento de profunda tristeza que passa o povo de Tata Kasutemi ou Raimundo do Bankoma. Porém esse sentimento nos fortalece e nos edifica na certeza dessa caminhada que Kasutemi apenas iniciou.

Os Ngomas do Terreiro São Jorge Filho da Goméia e os Tambores do Bloco Afro Bankoma rufam com um canto de paz reverenciando a chegada deste ilustre MESTRE ao plano espiritual que só os iluminados conseguem alcançar.
Muito Obrigada a todos e todas e a luta continua!

Eis as idealizações edificadas e/ou fortalecidas por Tata Kasutemi

Terreiro São Jorge Filho da Goméia
Associação São Jorge Filho da Goméia
Bloco Afro Bankoma
Ponto de Cultura Bankoma
Museu Comunitário Mãe Mirinha de Portão
Biblioteca Comunitária Mãe Mirinha de Portão (em implantação)
Kula Tecelagem – Núcleo de referência do Pano da Costa (em implantação)

Tags: , ,

Deixe seu comentário