Mãe Stella de Oxóssi esclarece sobre o candomblé

postado por Cleidiana Ramos @ 5:44 PM
27 de dezembro de 2009
Mãe Stella vai dar coletiva para falar sobre princípios do candomblé. Foto: Margarida Neide| AG. A TARDE

Mãe Stella vai dar coletiva para falar sobre princípios do candomblé. Foto: Margarida Neide| AG. A TARDE

Recebi uma mensagem do presidente do Conselho Civil da Sociedade Cruz Santa do Axé Opô Afonjá, Ribamar Daniel, avisando que, na próxima quarta-feira, Mãe Stella de Oxóssi vai dar uma coletiva para falar sobre o episódio de introdução das agulhas em um menino de dois anos.

Fico contente que uma sacerdotisa do candomblé se levante para explicar que este tipo de procedimento nada tem a ver com a prática das religiões de matriz africana.  É uma conclusão óbvia, mas que muita gente não só por ignorância, mas também por preconceito e maldade continua a tentar caracterizar como um ritual ligado ao candomblé, principalmente. 

Ainda  não tinha falado aqui sobre esse assunto, pois diante da sua complexidade preferi apelar para um especialista que já está preparando um material especial para o Mundo Afro.

Tags: , , ,

4 Respostas to “Mãe Stella de Oxóssi esclarece sobre o candomblé”

  1. Renata Dias  Says:

    Parabéns pela iniciativa, Mãe Stella. É revoltante ouvir os noticiários espalharem por aí que aquelas criaturas são de candomblé. Prato cheio pro discurso esvaziado das Universais.

  2. Luciana  Says:

    Tinha que ser mãe Stella, graças à Deus, adorei a iniciativa pois seviu para calar a boca dos intolerantes religiosos. Que Oxossi continue abençoando sempre essa maravilhosa mulher! Axé!!

  3. Oswaldo Copque  Says:

    Ousadia, sapiência, equilíbrio são características da nossa imperatriz afrodescente ao intervir diante de problema tão delicado. Após as apurações científicas dos fatos, Mãe Stella soube elegantemente puxar o tapete dos fomentadores da intolerância religiosa, que objetivam ampliar a sua população de histéricos pela sua crença, em detrimento de valores das religiões de matriz afro-brasileira.

  4. Marcia  Says:

    Iniciativa como esta só poderia ter vindo de Maínha Stella.
    Chega de intolerância!
    Bença mãe Stella

Deixe seu comentário