Arquivo da Categoria 'Teatro'


A semana foi de Jorge

postado por Cleidiana Ramos @ 4:52 PM
4 de novembro de 2011

 

Jorge Washington ganhou homenagem. Foto: Haroldo Abrantes |Ag. A TARDE | 13.11.2009

O ator do Bando de Teatro Olodum, Jorge Washington, recebeu, ontem, na Câmara Municipal, a medalha Zumbi dos Palmares. Festa dupla e mais que merecida para Jorge que fez aniversário na última segunda-feira.

Além de talento, Jorge tem carisma de sobra, além de ser um dos mais eficientes soldados do exército da luta contra o racismo. Comemoremos juntos com ele.


Promoção relâmpago

postado por Cleidiana Ramos @ 4:44 PM
21 de outubro de 2011

Cena da peça Namibia, não!. Foto: Margarida Neide | Ag. A TARDE

O primeiro comentário respondendo quem é o autor da peça “Namíbia, não!”, ganha um par de ingresso para assistir o espetáculo no domingo às 20 horas no Teatro Módulo (Av. Professor Magalhães Neto, Costa Azul).

Detalhe: a vencedora ou vencedor tem que retirar o par de ingressos até o meio-dia de amanhã na portaria do jornal A TARDE (Rua Milton Cayres de Brito, Caminho das Árvores. Ponto de referência: em frente à Casa do Comércio). Corram! Dou o resultado ainda hoje à noite.

Lembrem-se que as respostas devem vir acompanhadas de nome completo, endereço, e-mail e telefone de contato, informações que, claro, não serão divulgadas.

A promoção é uma gentileza da editoria que prepara o Caderno 2+.


Cabaré da Rrrraça volta em longa temporada

postado por Cleidiana Ramos @ 6:25 PM
20 de setembro de 2011

Espetáculo será encenado todas as terças-feiras. Foto: Marcio Lima | Divulgação

Novidade para os fãs de Cabaré da Rrrraça e dever obrigatório de quem ainda não viu o espetáculo que é encenado pelo Bando de Teatro Olodum há 14 anos: a partir de hoje, às 20 horas, a peça será encenada todas as terças-feiras, no Teatro Vila Velha.

Segundo Jorge Washington, ator do Bando, a encenação vai prosseguir até que o racismo acabe.

Os ingressos para o espetáculo, que usa o humor para discutir o racismo, custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).


Bando traz Cabaré da Rrrrraça de volta

postado por Cleidiana Ramos @ 2:40 PM
18 de julho de 2011

Jamile Alves e Jorge Washington em Cabaré da Rrrrraça. Foto: Bando de Teatro Olodum/Divulgação

Boa notícia: Cabaré da Rrrrraça, do Bando de Teatro Olodum está de volta ao Teatro Vila Velha. O espetáculo vai ser encenado nos dias 22, 23, 24, 29, 30 e 31 deste mês  e em 5,6, 7, 12, 13 e 14 de agosto. Sempre às 20 horas no Teatro Vila Velha.

A peça, que une música e dança, discute a questão racial com humor, contundência e também toques polêmicos. O espetáculo tem direção de Márcio Meirelles e é co-dirigido por Chica Carelli.

Eu já vi o espetáculo duas vezes e pretendo ir mais e mais vezes, pois é muito, muito legal. Considero esse um dos melhores trabalhos do Bando.

O espetáculo estreou em 1997, mas continua super atual. Uma outra coisa legal é que o figurino do Bando envolve várias marcas e estilistas que tem a pegada afro como marca registrada, o que é um diferencial.

Portanto, é um excelente programa para os finais de semana. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) às sextas. Sábados e domingos R$ 30 (inteira) e R$ 15  (meia).


O encontro do Bando com Ruth de Souza

postado por Cleidiana Ramos @ 11:13 AM
11 de dezembro de 2010

Jorge Washington e Ruth de Souza após apresentação do Bando no Rio de Janeiro. Foto: Divulgação

A passagem do Bando de Teatro Olodum, com o espetáculo Benção, pelo Rio de Janeiro, que se encerra amanhã, é marcada por sucesso e homenagens. Mas uma em especial tocou a companhia: a atriz Ruth de Souza não só assistiu a encenação, como foi até o camarim onde deu um depoimento que emocionou a turma:

“Assistir ao Bando me remete aos meus 17anos, quando comecei no teatro Experimental do Negro. Na época em que o negro não podia entrar no Copacabana Palace e fomos impedidos de nos apresentar-mos no Teatro Glória. Hoje quando vejo vocês no palco com toda essa energia, me vem a certeza de que nossa luta não foi em vão”, disse.

Jorge Washington, que me mandou o relato, disse, emocionado, o que significou a visita de Ruth: “Para nós, ouvir um relato desse nos dá certeza que estamos no caminho certo e vamos continuar pedindo ‘Bença’ aos nossos mais velhos”.


Festival reúne linguagens da cultura negra

postado por Cleidiana Ramos @ 6:18 PM
8 de novembro de 2010

O espetáculo Bença é um dos eventos do festival A Cena Tá Preta!. Foto: Walter de Carvalho | Ag. A TARDE

Neste novembro negro tem programação especial na área artística. Para comemorar seus 20 anos, o Bando de Teatro Olodum, em parceria com o Coletivo de Produtores Culturais do Subúrbio, está realizando, no Teatro Vila  Velha, o festival  denominado A Cena Tá Preta!

Diversas linguagens artísticas vão desfilar pelo palco. O festival  foi realizado pela primeira vez em 2003. Para conferir a programação é só clicar aqui.  


Bando encena Bença, seu novo espetáculo

postado por Cleidiana Ramos @ 1:28 PM
3 de novembro de 2010

Espetáculo traz junção entre atores e vídeos com líderes da cultura popular como Bule-Bule. Foto: Divulgação

Pessoal: depois de um feriado longo, com eleições no meio e os primeiros preparativos para o especial do Dia da Consciência Negra do Grupo A TARDE, o Mundo Afro tá de volta. E, para celebrar, uma ótima notícia: sexta-feira, às 20 horas, no Teatro Vila Velha, estréia o novo espetáculo do Bando de Teatro Olodum intitulado Bença.

A peça vai ficar em cartaz até o dia 28 de novembro e depois segue para o Rio de Janeiro, no período de 3 a 12 de dezembro (Teatro Tom Jobim- Jardim Botânico).

O espetáculo que comemora os 20 anos de formação do bando é centrado no respeito aos mais velhos, um elemento muito forte na cultura afro-brasileira.

A montagem faz uma interação entre atores e vídeos que trazem depoimentos de Bule-Bule, Cacau do Pandeiro, Dona Denir, Embomi Cici, Makota Valdina e Mãe Hilza, que são considerados guardiões da cultura popular.

A direção do espetáculo é de Márcio Meirelles.


Domingo tem Áfricas com ingresso a R$ 1

postado por Cleidiana Ramos @ 2:18 PM
14 de outubro de 2010

Áfricas mostra toda a riqueza da herança africana. Foto: Márcio Lima | Divulgação

Programa legal para unir pais, tios e a garotada. No próximo domingo tem a encenação da peça Áfricas do Bando de Teatro Olodum na sala principal do Teatro Castro Alves ( TCA). O ingresso custa apenas R$ 1, iniciativa do projeto Domingo no TCA, que funciona desde 2007.

O espetáculo começa às 11 horas, com venda de ingressos a partir das 9 horas. Áfricas gira em torno da herança africana, em seus vários níveis e que é uma marca da Bahia.


Sessão extra da peça Ogum

postado por Cleidiana Ramos @ 2:02 PM
1 de outubro de 2010

Peça tem conquistado legião de admiradores. Foto: LabFoto|Divulgação

Olha só pessoal: chegam notícias de que a peça Ogum, Deus e Homem tá bombando. Por isso tem sessão extra na próxima segunda-feira a partir das 20 horas no Teatro Martim Gonçalves, Canela. E o que é melhor: gratuita Mas para isso é necessário chegar até uma hora antes.

A sessão é dirigida, preferencialmente, para idosos, escolas e comunidades de terreiro.

Durante a sessão estarão sendo realizadas as últimas gravações do documentário Ogum.Doc, do cineasta Thiago Gomes. Ele registrou todo o processo de montagem do espetáculo.

Dirigida por Fernanda Júlia a peça aborda os mitos em torno de Ogum, orixá da tecnologia e dos caminhos. O protagonista do espetáculo é o ator Val Perré.


Amanhã tem prévia da peça Ogum, Deus e Homem

postado por Cleidiana Ramos @ 4:41 PM
16 de setembro de 2010

Registro de encenação da montagem. Foto: Rodrigo Frota | Divulgação

Para quem gosta de teatro, amanhã tem um programão: ensaio aberto da montagem Ogum, Deus e Homem. A peça é dirigida por Fernanda Júlia e a atividade vai acontecer durante a programação do III Festival Latino-Americano de Teatro (Filte Bahia 2010) que está acontecendo em Salvador.

O ensaio será na sala 5 da Escola de Teatro da Ufba, Canela, a partir das 20 horas. A entrada é gratuita, mas é preciso chegar meia hora antes, pois vão ser distribuídas apenas 40 senhas.

Após a apresentação haverá um bate-papo com a equipe da montagem, prevista para estrear no dia 23. Durante o ensaio aberto também acontecerão as gravações do filme OGUM.DOC, dirigido por Thiago Gomes, que é diretor assistente da peça e responsável pelo processo de documentação audiovisual.

O espetáculo tem o ator Val Perré como protagonista. Ogum foi a única montagem de teatro do Nordeste contemplada com o patrocínio do I Prêmio Nacional de Expressões Culturais Afro-Brasileiras, promovido pela Fundação Palmares e o Centro de Apoio ao Desenvolvimento Osvaldo dos Santos Neves (Cadon) e patrocínio da Petrobras e Ministério da Cultura, além de apoio institucional da Fundação Cultural do Estado da Bahia.

A peça conta a história de Ogum, “senhor da tecnologia” e tem como ponto de partida seis mitos sobre o orixá, apresentando seu amor pela humanidade e por Oyá, sua força como grande engenheiro do universo, dentre outras características. A diretora, Fernanda Júlia, é iaquererê (a segunda na hierarquia) do terreiro Ilê Axé Oyá L´adê Inan, comandado pela ialorixá Roselina Barbosa.

Serviço:

Ensaio Aberto da peça Ogum, Deus e Homem (Filte Bahia 2010)
Direção: Fernanda Júlia
Onde: Sala 5 da Escola de Teatro da Ufba, Canela.
Quando: Amanhã, às 20 horas
Acesso: Distribuição de senhas meia hora antes da encenação. Serão distribuídas 40 entradas.


Os novos trabalhos de Érico

postado por Cleidiana Ramos @ 2:40 PM
13 de maio de 2010

Érico faz participação no episódio de hoje de A Grande Família. Foto: Cláudio Guimarães | Divulgação

Os fãs de Érico Brás, ator do Bando de Teatro Olodum, não podem perder o episódio de hoje de A Grande Família na Globo. Érico, que  é um dos destaques de Ó Paí Ó nos seus três formatos — peça, filme e série- vai fazer uma participação especial no programa.

A partir do próximo dia 21 de maio, Érico pode ser visto também como o policial Agenor no filme Quincas Berro D´Água de Sérgio Machado. O filme também tem a participação de Rejane Maia (que tem uma excelente atuação em Ó Paí Ó), Mary Batista e Elane Nascimento.


Bando abre sua temporada de Verão

postado por Cleidiana Ramos @ 1:18 PM
6 de janeiro de 2010
O Bando de Teatro Olodum em cena de Cabaré da RRRRRaça. Foto:  Márcio Lima |Divulgação

O Bando de Teatro Olodum em cena de Cabaré da RRRRRaça. Foto: Márcio Lima |Divulgação

Como tem acontecido durante o período de verão, o Bando de Teatro Olodum retoma seus espetáculos no Teatro Vila Velha (Passeio Público, Campo Grande). A abertura da temporada é logo com Cabaré da RRRRRaça, que será apresentada nos dias 8 (próxima sexta-feira), 15 e 22 deste mês, sempre a partir das 20 horas.

Cabaré da RRRRRaça é o maior sucesso de público do Bando. Em forma de revista musical, o espetáculo discute questões como a presença do negro na mídia, religião, o mito que o coloca como objeto sexual, dentre outras. O espetáculo já foi visto por 37 mil pessoas ao longo dos seus 11 anos de existência. Além de ter sido apresentada em várias cidades brasileiras, a montagem já foi levada a Portugal e Angola.

O texto também permite interatividade com o público e já popularizou personagens como Luciano Patrocinado, Abará, o Negro Fudido, a cantora Flávia Carine, o homossexual Edileuza e a advogada Janaína.

Não tem como não se divertir com a peça. O número do Super Negão, por exemplo, é um dos mais engraçados e supreendentes (claro que não vou contar o motivo). Os personagens Edileuza e Janaína também arrebentam. 

O outro espetáculo que vai ser encenado pelo bando nesta temporada de verão é Áfricas, dirigido ao público infanto-juvenil. As apresentações serão nos dias 9 (sábado), 10 (domingo), 16, 17, 23 e 24 deste mês sempre às 16 horas.

No sábado, antes da encenação de Áfricas, haverá o lançamento do livro Minhas contas, do escritor Luiz Antonio. A obra foi finalista do prêmio Jabuti 2009 na categoria Melhor Livro Infantil. Por meio da história de dois amigos, o livro aborda a questão da intolerância contra as religiões de matrizes africanas.

O espetáculo apresenta contos e lendas da África Negra por meio do canto, dança e poesia. Áfricas é a primeira montagem infanto-juvenil do Bando.

Além dos espetáculos, o grupo continua trabalhando para a composição da sua nova montagem que vai enfocar o respeito as mais velhos na cultura negra. Estou na torcida para a volta também de Ó Paí Ó. Outras informações por meio do telefone 3083-4607.Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). 

 


Bando promove seminário sobre respeito aos mais velhos

postado por Cleidiana Ramos @ 7:44 PM
11 de novembro de 2009
Ebomi Cici será uma das palestrantes do evento organizado pelo Bando de Teatro Olodum. Foto: Xando Pereira | AG. A TARDE

Ebomi Cici será uma das palestrantes do evento organizado pelo Bando de Teatro Olodum. Foto: Xando Pereira | AG. A TARDE

Este mês são tantos eventos que não dá para participar de tudo, principalmente porque estou às voltas com a preparação do nosso especial para o Dia da Consciência Negra. Logo conto as novidades para vocês.

Mas aqui vai uma dica imperdível: dia 17 começa um seminário super interessante, organizado pelo  Bando de Teatro Olodum. A iniciativa faz parte do  novo projeto do grupo que gira em torno do respeito aos mais velhos.

São três encontros que serão realizados no Teatro Vila Velha, a partir das 19 horas, com entrada gratuita. No primeiro dia a discusssão será sobre patrimônio imaterial. Os convidados são Luiz Fernando de Almeida, presidente do Iphan; Rita Santos, da Associação das Baianas de Acarajé, Vendedoras de Mingau e Similares (Abam) e Ebomi Cici.

No dia 18 o debate será sobre os quilombos urbanos como espaços de resistência, conhecimento e preservação. A mesa será formada por Makota Valdina, professor Ubiratan Castro e Everaldo Duarte.

O evento volta no dia 24 com o debate intitulado História da Ocupação Territorial do Povo Negro- Diferenças e Semelhanças.Os palestrantes serão Isabel Reis, autora do livro Histórias de Vida Familiar e Afetiva de Escravos na Bahia do século XIX, Jaime Sodré e Jaime Cupertino.

A última mesa será no dia 25. O título é Registro de Memórias e Tradições. Os debatedores serão a yalorixá Mãe Valnizia de Ayrá e o cineasta Antonio Olavo.


Parabéns para Jorge!

postado por Cleidiana Ramos @ 2:47 PM
31 de outubro de 2009
Felicidades para o aniversariante de hoje. Foto: Margarida Neide | AG. A TARDE

Felicidades para o aniversariante de hoje. Foto: Margarida Neide | AG. A TARDE

Olha só quem está comemorando aniversário hoje: Jorge Washington.  Além de esbanjar talento como ator, Jorge é uma grande figura humana. Vão aqui os votos de toda a felicidade que o mundo pode oferecer para ele.


Encontros em São Luís

postado por Cleidiana Ramos @ 2:40 PM
10 de outubro de 2009
Mãe Deni da Casa das Minas, Érico Brás e Chica Carelli. Foto: Divulgação

Dona Deni da Casa das Minas, Érico Brás e Chica Carelli. Foto: Divulgação

O Bando de Teatro Olodum esteve em São Luís, capital do Maranhão, para realizar atividades do seu projeto intitulado Respeito ao Mais Velho e de lá mandam o registro de um encontro com religiosos de matriz africana, com certeza, extremamente emocionante para os membros do grupo.

O Bando foi recebido por Pai Euclides, sacerdote da tradição Fanti-Ashanti; Dona Maria Sete Flechas, sacerdotisa do Terecô e Dona Deni da Casa das Minas.

O grupo aproveitou para registrar as histórias que contam a resistência destas várias tradições religiosas. Os integrantes do Bando também se encontraram com intelectuais negros como o professor Carlos Benedito (Carlão), professor  da Universidade Federal do Maranhão (UFMa), que é especialista na inserção do negro na cultura maranhense.

Logo, logo vamos poder ter contato com os resultados destas experiências, pois este trabalho de pesquisa é a base para um novo espetáculo do grupo, programado para estrear no ano que vem.


Cabaré da RRRRRaça no Festival de Teatro do Subúrbio

postado por Cleidiana Ramos @ 1:39 PM
16 de setembro de 2009
Bando participa do I Festival de Teatro do Subúrbio

Bando participa do I Festival de Teatro do Subúrbio. Foto: Márcio Lima | Divulgação

O Festival de Teatro do Subúrbio vai receber uma atração de peso nesta sexta-feira: o Bando de Teatro Olodum apresenta, a partir das 20 horas, no palco do Centro Cultural de Plataforma,  o espetáculo Cabaré da RRRRRaça.

Esta é primeira edição do festival de teatro, daí a força que o pessoal do Bando, uma das mais conhecidas companhias formadas por atores negros, está dando para o evento. 

O espetáculo também é uma das mais conhecidas montagens do grupo que, de forma divertida, discute o racismo em suas mais variadas formas. Prestem atenção, principalmente,  no número do Super Negão: é  provocador e extremamente hilário. O espetáculo é muito, muito bom.

Estão participando do festival 13 grupos teatrais. O ingresso custa R$ 2.  


Mostra traz filmes sobre religião

postado por Cleidiana Ramos @ 12:05 PM
21 de maio de 2009
Sodré é um dos palestrantes da mostra de cinema sobre religião. Foto: Rejane Carneiro | AG. A TARDE

Jaime Sodré é um dos palestrantes da mostra de cinema sobre religião. Foto: Rejane Carneiro | AG. A TARDE

Final de semana com boas opções culturais dentro deste universo afro.  De amanhã, sexta,  até o próximo dia 28, na Sala Alexandre Robatto (Biblioteca Pública dos Barris), acontece uma mostra de filmes sobre religião.

As produções são todas sobre ritos de passagem. A organização é da Arquidiocese de Salvador, via a sua Pastoral da Comunicação, em parceria com a  Diretoria de Audiovisual da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Dimas).

O evento chega a Salvador, com curadoria de César Sartorelli, organizador de uma das cinco maiores mostras sobre o tema no mundo.

São 31 filmes. A primeira exibição,  às 19 horas de amanhã, é de Dança das Cabaças – Exu no Brasil feito por  Kiko Dinucci. Também serão exibidas obras originárias de países como Canadá, Irã, Israel, Itália, Bangladesh, Holanda, França, México, Suíça, Rússia e Uzbequistão.

Além dos filmes, o público pode conferir debates sobre os temas abordados. No sábado, às 17 horas,  a discussão é sobre a importância dos ritos de passagem na dinâmica da vida e da morte, com a participação  do professor Jaime Sodré, do sheik Ahmad Abdul e do padre Clóvis Santos.

No domingo, no mesmo horário, o debate é sobre os ritos de passagem e a visão das ciências, com palestras da psicóloga Ana Cecília de Sousa Bittencourt Bastos e do antropólogo Roberto Albergaria. A entrada é gratuita. Para a programação completa e mais informações clique aqui .

Já no Teatro tem mais um temporada de Cabare da RRRRaça, encenado pelo Bando de Teatro Olodum. A primeira sessão é amanhã, sexta, e as apresentações prosseguem até o dia 31, no Teatro Vila Velha. 

A discussão sobre racismo e suas consequências é embalada por um humor cortante e números musicais. Cada dia tem um convidado especial. A primeira é  Mariene de Castro seguida de Juliana Ribeiro, Magary, Pretubom, Graça Onasilê (do Ilê Aiyê) e Manuela Rodrigues. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada)